Rock in Rio Lisboa: dia 1 de junho (reportagem) | Watch and Listen!

Rock in Rio Lisboa: dia 1 de junho (reportagem)


Reportagem do último dia do Rock in Rio Lisboa 2014, com tudo o que aconteceu no Palco Mundo e no Palco Vodafone. 

Com concertos de Vira Casaca, Linda Martini, Bombay Bicycle Club, Mac Miller, Jessie e Justin Timberlake.

Eis o que aconteceu no dia 1:

Vira Casaca

Uma das bandas que venceu o casting da Vodafone para se estrear no palco Vodafone e que ainda só tem um single a rodar, "Betinhas de Santarém", é uma banda muito recente, mas a tocar nem parece. Apesar de ter atuado para poucas pessoas, a banda já atrai alguns fãs que gritam e pulam por eles. O vocalista João, ou Verde, puxa pelo público com a sua voz e os seus movimentos sensuais.
Esta foi a primeira atuação da banda num festival e foi uma estreia muito boa!


Linda Martini

Os Linda Martini foram a única banda que atuou duas vezes no Rock in Rio deste ano. Tendo tocado no dia anterior, na homenagem a António Variações, e no dia 1, no palco Vodafone. Os concertos no Palco Mundo já tinham começado, mas mesmo assim ainda foram muitas pessoas ver o quarteto. A banda tocou os seus grandes temas, tanto dos álbuns mais antigos como do álbum mais recente, levando o público numa viagem ao rock. Apesar da multidão estar um pouco tímida, tanto que o baterista Hélio dizia "podem-se chegar à frente", o palco Vodafone vibrou muito e queria ainda mais.



Bombay Bicycle Club

A banda que realmente fez dançar o palco Vodafone!
Esta foi a segunda atuação da banda em Portugal e a banda estava com algum receio do que poderia acontecer, visto que, na primeira atuação cá tiveram alguns problemas técnicos (no Optimus Alive de 2011), e apesar de alguns problemas técnicos com o baixo, os Bombay Bicycle Club mostraram o quanto evoluíram.
Com um álbum muito recente lançado no passado mês de fevereiro, os britânicos apresentaram muitas músicas do novo álbum como "Overdone", "It's Alright Now", "Luna" e "Carry Me", mas também tocaram algumas músicas menos recentes como "Shuffle", "Your Eyes", "What If" e "Evening/Morning". O público saltou e gritou o máximo que conseguiu, e com as músicas animadas a transpirarem indie rock e folk ao mesmo tempo, já seria de esperar.
O encerramento do último dia do palco Vodafone acabou em grande com a frenética "Carry Me".


Mac Miller

O artista que veio substituir os Chic e que se estreou pela primeira vez no nosso país. O rapper puxava pelo público com vários fuck e fucking e o público até respondia bem gritando e aplaudindo. Pode não ter sido bem o que se esperava, mas Mac Miller foi bem recebido.


Jessie J

Um dos grandes concertos da noite finalmente chega. A cantora entra em palco com um vestido que parece vindo das danças de salão para antecipar os passos de dança que iria dar e não é por nada que o primeira tema foi "Sexy Lady". Depois seguiu-se "Domino" que pôs o público todo a dançar. Neste concerto, Jessie J cantou os seus maiores êxitos como "Wild", "Nobody's Perfect" e "Do It Like A Dude", e também apresentou músicas do seu terceiro álbum que irá sair em breve. As músicas novas são: "Sweet Talker", "Keep Us Together" na qual a cantora afirmou que gostaria que a música fosse um dueto com Justin Timberlake e "Ain't Been Done". Nestas músicas o público ficava um pouco estranho porque não conhecia as letras, tal como a cantora disse, mas nos singles o público sabia as letras todas. Houve um momento acústico onde Jessie cantou "Conquer the World", "WonderWall", "You Don't Really Know Me" com as suas raparigas dos coros. Ainda houve um momento muito especial na música "Who You Are" quando a cantora desceu para o público e cantou para o rapaz e tal feito levou-o a chorar. O concerto acabou com "Price Tag" o single que a levou ao sucesso.
A cantora disse que Justin Timberlake uma vez lhe disse que ela é uma das melhores cantoras do mundo, e pode-se dizer que ele tem razão! 


Justin Timberlake

O grande concerto da noite chega finalmente. O artista que levou tanto tempo a estrear-se em terras lusas entra em palco com "Pusher Love Girl" e os gritos do público são muito audíveis tanto que o cantor depois da música para durante um momento para apreciar e interagir com a audiência. Até parecia que o cantor não conseguia acreditar que tinha tantos fãs em Portugal (talvez foi por isso que demorou tanto tempo a vir cá?). O cantor atuou os seus maiores sucessos como "Rock Your Body", "My Love", "Señorita", "What Goes Around... Comes Around" e "Sexyback". Estes singles foram cantados todos de cor pelo público, já nos temas menos conhecidos não se ouvia o público a cantar apesar de Justin estar sempre a dizer "louder" e a incentivar as pessoas. Contudo, não foi isso que deixou o cantor de dar um espetáculo animado. Foi um concerto cheio de classe porque Justin transpira classe desde a roupa que veste até aos passos de dança que dá, e veio muito bem acompanhado pela banda The Tennessee Kids e pelos bailarinos. Também houve tema para covers das suas maiores inspirações como "Heartbreak Hotel" de Elvis Presley, "Shake Your Body (Down To The Ground)" dos Jackson 5 e "Human Nature" de Michael Jackson. O cantor foi muito bem-vindo cá e até conheceu Bruce Springsteen (que apesar de não atuar cá, foi ao RIR) que é um dos seus ídolos também. O concerto acabou com "Mirros" com o público todo a cantar e com algumas pessoas agarradas à sua cara-metade. Foi um ótimo concerto para encerrar em grande o último dia do Rock in Rio Lisboa que só volta daqui a dois anos, em 2016, e depois deste concerto, Justin Timberlake não pode demorar muito tempo a cá voltar. Ainda mais, este concerto provou o que Jessi J disse anteriormente no seu concerto, que "Justin Timberlake é um dos melhores performers de sempre".


Mais fotos aqui:

0 comments:

Enviar um comentário