Para ouvir: "Communion" e "Currents" | Watch and Listen!

Para ouvir: "Communion" e "Currents"


Dois álbuns completamente diferentes de bandas nada semelhantes. Um de uma banda pop que já conta com algum sucesso comercial. Outro de uma banda psicadélica que já conquistou o mercado indie.

O álbum dos Years & Years, "Communion", saiu no passado dia 10 de julho. É um álbum pop que também puxa pelo lado mais eletrónico. "Foundation" é a música introdutória do disco e a seguir vem "Real" que é mais animada e já tem um refrão catchy. "Shine", "King" e "Desire" são os já conhecidos que levaram o trio até onde está. As músicas "Take Shelter", "Worship" e "Ties" dão vontade de dar uma tarraxinha, a sério. "Eyes Shut" é a melhor balada do álbum. O disco acaba com a nostálgica "Memo". No geral, "Communion" é um álbum equilibrado porque tanto tem músicas que nos dão vontade de dançar como tem músicas que nos dão vontade de chorar, e é um bom álbum de estreia.

Já o álbum dos Tame Impala, "Currents", tem feito sucesso no universo do indie. Até já os colocou um pouco fora desse universo e tudo. Este novo álbum direciona-se um pouco mais para a eletrónica do que para o psicadelismo, mas continua a ter o som próprio da banda. "'Cause I'm A Man" já chegou aos U.S.A. e levou com um remix das manas Haim. O single "Let It Happen" introduz o que se segue no disco. A banda assume que vai mudar com "Yes I'm Changing" que é o que acontece. Outros destaques vão para as músicas "Eventually", "The Less I Know Better" e "Disciples". "Currents" é um álbum diferente na trilogia dos Tame Impala, mas ainda tem o cunho pessoal deles.


0 comments:

Enviar um comentário