Indie Music Fest (3º dia) - música para miúdos e graúdos | Watch and Listen!

Indie Music Fest (3º dia) - música para miúdos e graúdos


 O terceiro e última dia do Indie Music Fest foi o dia que tinha mais bandas queríamos ver, e foi também o dia que mais público teve. De jovens promissores projetos a bandas já amadurecidas, este último dia teve de tudo um pouco e foi fantástico. O festival deixa já muitas saudades, e temos que dar os parabéns à organização pelo tão bem conseguido festival. Apesar das pequenas dificuldades, estas passaram praticamente despercebidas o tempo inteiro. O Indie Music Fest é fantástico e nenhuma dificuldade conseguiu meter isso em causa. Ficam aqui os nossos concertos preferidos do terceiro dia e até para o ano e obrigada por tudo, Indie Music Fest.


Old Yellow Jack


Desde o primeiro instante em que entrei em contacto com a música destes quatro divertidos jovens lisboetas, que soube que era inevitável gostar ou tornar-me fã. Os Old Yellow Jack são simplesmente das bandas mais fantásticas que Portugal tem. Cada vez mais maduros, musicalmente, os jovens têm demonstrado que sabem perfeitamente proporcionar uma agradável experiência musical a quem quer que se atreva a pegar nas suas canções e se ponha a ouvi-las. E ao vivo, não são em nada diferentes. Enérgicos como sempre, os Old Yellow Jack conseguiram sair vencedores neste dia de concertos e, foram um dos melhores concertos do festival, de longe. Não haja dúvida. Foi um concerto que deu para passar por temas já conhecidos por alguns, como também, por temas novos que irão estar presentes no álbum que está previsto para 2016. Pela amostra que os jovens nos deram nesta noite, prevê-se um bom álbum o qual aguardo ansiosamente para ouvir. Como primeira banda a atuarem no palco principal daquele dia, podemos afirmar que a plateia encontrava-se bem composta e cheia de olhos curiosos que desconheciam do talento destes jovens, e que certamente ficaram fãs após este belo serão. "Luanda" e "The Man Who Knew Too Much" não faltaram à festa que teve direito a mosh e crowdsurfing. Miguel, Filipe, Guilherme e Henrique estão de parabéns. Foram fantásticos. Como sempre.

Old Yellow Jack @ Indie Music Fest 2015 

Thunder & Co.


Os Thunder & Co. transformaram o recinto numa pista de dança ao ar livre, como sempre o fazem e não houve quem não se deixasse contagiar pela energia de Rodrigo e Sebastião. Quem não conhecia, saiu de lá fã quase de certeza. A banda foi até ao Indie Music Fest apresentar o seu álbum, "Nociceptor" e não houve quem não se deixasse electrizar pela eletrónica desde duo. "Apples" não faltou e parte do público mostrou-se conhecedor das letras da banda, não só nesta canção como em muitas outras. Foi uma ótima maneira de continuar a noite, não haja dúvida.

Thunder & Co. @ Indie Music Fest 2015 

Keep Razors Sharp


Os Keep Razors Sharp foram outro dos concertos que mais gostámos desta edição do Indie Music Fest. A banda, experiente por natureza, deu um concerto impecável e nós não esperávamos nada mais nada menos que isso.  O psicadelismo espalhou-se pelo Bosque do Choupal desde cedo, e manteve o público colado ao palco. Singles não faltaram, e a quantidade de pessoas já familiarizada com as músicas da banda era grande. O frenético público não evitou fazer o clássico mosh e até crowdsurfing. A banda deu tudo até à última gota de suor. Sem dúvida, excepcionais.

Keep Razors Sharp @ Indie Music Fest 2015 

Linda Martini


Não existem muitas mais palavras que possamos dizer dos Linda Martini, que já não tenham sido ditas por muitos. Os Linda Martini são aquela banda que é sempre boa de se ver ao vivo, porque existe a garantia que será um bom concerto. E porque no fundo quem vai a um concerto de Linda Martini acaba sempre por se divertir, e existe a garantia de que boa música será ouvida. No Indie Music Fest foi exatamente isso que aconteceu. As mais emblemáticas não faltaram e o recinto estava praticamente lotado só para ver uma das maiores bandas portuguesas. Os Linda Martini foram uma das melhores atuações do festival, como já era de esperar. E nós como sempre, gostámos imenso.

Linda Martini @ Indie Music Fest 2015 

Toulouse


Os Toulouse deram um concerto que chamou bastante a atenção do público, e a nossa também. O indie-surf de Guimarães despertou a curiosidade dos presentes, e quem não conhecia pareceu gostar. Foram tocadas as músicas do EP "Juice" e agradou a muitos entre o público, que classicamente abanavam insistentemente as cabeças e sorriam. Houve quem até afirmasse que tinha sido uma das melhores surpresas do festival, e nós concordamos. Estão de parabéns.

Toulouse @ Indie Music Fest 2015


Reportagem 1º dia: http://watchandlistenpt.blogspot.pt/2015/09/indie-music-fest-2015-noite-de-pinas.html

Reportagem 2º dia: http://watchandlistenpt.blogspot.pt/2015/09/indie-music-fest-serviram-se-panados-e.html


Texto: Alexzandra Souza
Fotografias: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário