B Fachada e Pega Monstro no Maxime Sur Mer: reportagem | Watch and Listen!

B Fachada e Pega Monstro no Maxime Sur Mer: reportagem

 

No passado dia 19 de Novembro fomos até ao Maxime Sur Mer para ver B Fachada e Pega Monstro. Foi a nossa primeira vez no Maxime Sur Mer e o espaço não nos surpreendeu. Talvez ficámos com esta impressão por estar tão cheio, e ser quase impossível mover-se de um lado para o outro, para que fosse possível alcançar uma coisa tão básica como a casa de banho. Mas tendo em conta que o espaço reabriu recentemente, não está mau de todo. Temos a certeza que com o tempo, melhorias aparecerão.

O Maxime Sur Mer estava, portanto, praticamente lotado para os concertos de B Fachada e Pega Monstro. B Fachada subiu primeiro a palco, depois as Pega Monstro vieram e depois B Fachada voltou a subir a palco. Nesta noite descobrimos uma coisa curiosa: gostamos mais de Pega Monstro que B Fachada. B Fachada tem talento e consegue gerir muito bem a sua carreira. E tem uma legião enorme de fãs, tal era bastante notável neste dia. Os fãs deslocam-se de propósito aos sítios só para verem o seu amado B Fachada e fumar com ele. Os fãs fazem questão de decorar as letras. Os fãs sabem as músicas de uma ponta à outra. Nós simplesmente, já não fazemos parte dessa legião de fãs. B Fachada deu bons concertos e o público ficou encantado, mais do que já estava. Desconfiamos que os fãs cada vez que o vêem ficam mais encantados. Isto a julgar pelos sorrisos e a felicidade. Comentários como "o B Fachada é fantástico" ou "Isto está a ser muito bom" ouviam-se por todo o lado e a multidão que ali estava para o ver particularmente a ele não engana ninguém. B Fachada foi o senhor da noite. As Pega Monstro, por um lado e pessoalmente, dizem-nos mais que o B Fachada pois identificamos-nos mais com as suas músicas. Talvez pelo o seu caráter enérgico que contagia tudo e todos. E tal foi bastante sentido nesta noite. As pessoas que lá foram, foram claramente para ver B Fachada. Mas acreditamos que a maior parte saiu fã destas meninas. Ninguém ficou indiferente, e viam-se por todo o lado cabeças a abanar ou pessoas simplesmente a dançar. As palmas no final foram muitas para as Pega Monstro, mas mais para B Fachada. O público queria mais e chegou a pedir por muitos. Muitos foram os aplausos e no final podíamos ver todos a abandonarem o Maxime Sur Mer extremamente felizes. Ainda houve um DJ set de Alex D'Alva Teixeira. Foi uma boa noite, para os fãs de B Fachada.





Texto: Alexzandra Souza
Fotografias: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário