Entrevista Mirror People | Watch and Listen!

Entrevista Mirror People


Estivemos à conversa com Rui Maia do projeto Mirror People. Falámos sobre o álbum de estreia, festivais, e do novo EP. No dia 5 de março, no sábado, vai haver concerto de Mirror People no Centro Cultural de Belém, no pequeno auditório. Os bilhetes custam entre os 12,50€ e os 15€.

Leiam a entrevista em baixo.


Watch and Listen: Como surgiu o projeto Mirror People e o porquê do nome?

Mirror People surgiu no final de 2009 numa tour com a minha banda X-Wife. basicamente, partiu para a criação de um nome de "projecto/banda" com uma estética electrónica mais virada para o disco sound. O nome veio de uma banda que gosto muito dos anos 80 de nome Love & Rockets. Neste caso o nome "people" aplica-se pelo facto de ser uma pessoa singular (eu!) a assumir várias funções dentro do projecto e "mirror" remete para a bola de espelhos, que é um símbolo característico do disco-sound.

W&L: Qual tem sido a reação das pessoas em relação ao álbum de estreia?  

Estou muito contente da forma como o disco foi recebido. Figurou em algumas listas dos 10 melhores discos de 2015. Todo este positivismo dá-me forças para continuar o projecto e tentar ser cada vez mais criativo. 

W&L: Como foi ter atuado em alguns festivais pelo país fora, no ano passado?  

É um privilégio ter a oportunidade de actuar em grandes festivais, para um grande público. É uma forma de levar a música a mais pessoas. Acho que este disco merece.

W&L: Podes falar-nos do novo single, “Telephone Call” ft Rowetta?  

O telephone call é uma canção que faz parte do disco "Voyager" e conta com a participação da vocalista dos Happy Mondays - Rowetta. Foi o primeiro tema a ser escrito para o álbum. Acho que é uma canção forte com um certo toque nostálgico.  


W&L: Como é trabalhar com a Maria do Rosário?  

A colaboração no disco "Voyager" correu muito bem. Então decidi convidar a Maria a fazer parte do projecto na versão ao vivo. As coisas têm fluído muito bem. Espero que continuemos a trabalhar no futuro!

W&L: Como surgiu a ideia de fazer um novo EP?   

Basicamente, a canção "Telephone Call" está no meio do disco "Voyager". Existe uma certa tendência a estas canções ficarem meias esquecidas. Como acho que o tema é forte, decidi reedita-lo como single e fazer disso um EP com remixes e outros temas inéditos. 

W&L: O que podemos esperar do concerto no CCB? 

O concerto do CCB acontece de certa forma como comemoração de 1 ano do album "Voyager". Como tal, vamos ter alguns convidados, projecções psicadélicas e outras coisas que não costumamos apresentar ao vivo. Queremos que seja um momento especial.

W&L: Já tens alguns planos para concretizar este ano?

Para já vamos tocar ao vivo o máximo que conseguirmos e começar a escrever novas canções para o próximo album.  


0 comments:

Enviar um comentário