The Soft Moon: a euforia eletrizante no Musicbox | Watch and Listen!

The Soft Moon: a euforia eletrizante no Musicbox



No passado dia 12 de Março fomos até ao Musicbox para assistir ao concerto de The Soft Moon. O regresso do projeto de Luís Vasquez, foi muito aguardado. Tal notava-se na atmosfera ansiosa que se vivia dentro do Musicbox, naquele dia. O projeto estreou-se o ano passado em Portugal, e passou por Paredes de Coura e por Guimarães. Foi a primeira vez em Lisboa e não poderia ter decorrido de melhor forma. Com um Musicbox totalmente esgotado, perto da meia-noite os músicos que acompanham Luís Vasquez subiram ao palco e começaram a tocar e a preparar a atmosfera rítmica que iríamos viver durante mais ou menos uma hora e pouco. De seguida entrou a estrela da noite, Luís Vasquez, começando em grande com a potente "Black", que deu início à noite que prometia ser grande. E assim o foi. Tudo o que The Soft Moon promete, o Musicbox teve nesta noite. Seguiram-se muitas canções com ritmos assombrosos e pesados, que levaram o público à euforia. "Being" foi a última canção a ser tocada, antes de Luís Vasquez abandonar o palco para fazer de seguida um encore que teve direito a "Die Life" e "Want". Quando o concerto chegou ao fim, a satisfeita plateia aplaudiu e ainda pediu por mais. Os músicos, também eles, saíram satisfeitos e ainda se ouviu da boca de Luís Vasquez um "I love you" para os presentes que tinham assistido. É inegável que The Soft Moon é mais emocionante ao vivo e a experiência é arrepiantemente fantástica. A atmosfera íntima que o Musicbox proporciona, tornou o concerto ainda melhor.

The Soft Moon @ Musicbox

Texto: Alexzandra Souza
Fotografias: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário