Apostas para 2017 | Watch and Listen!

Apostas para 2017


Com o ano novo, também chegam novos artistas e bandas que, supostamente, se irão tornar grandes. Em 2017, parece que vai surgir uma nova onda de rappers do Reino Unido e dos Estados Unidos, e cantoras com vozes únicas e muito para dizerem. Aqui ficam alguns dos artistas e bandas que se irão revelar partes essenciais da música e terão bastante sucesso.

070 Shake


A 070 Shake é uma rapper de New Jersey que no ano passado abriu alguns do concertos da tour norte-americana dos The 1975, e faz parte do coletivo 070. Em março, Shake postou a sua primeira música no Soundcloud, "Make It There". A seguir, lançou alguns singles e fez parte da mixtape "The 070 Project: Chapter 1" juntamente com os membros da sua equipa 070 (PHI, Ether e J Sebastian).


AJ Tracey

(©Vicky Grout)
O AJ Tracey é um MC e produtor de Londres que deixou o seu curso em Criminologia para seguir uma carreira musical. O seu primeiro EP, "The Front", foi lançado em 2015, e, no mesmo ano, lançou o segundo EP, "Alex Moran". Um ano depois, Tracey lança outro EP, "Lil Tracey", que tem uma música chamada "Luke Cage" onde menciona a personagem da série "Jessica Jones".


Aminé


O Adam Daniel, que usou o seu nome do meio Aminé, começou a fazer versos no secundário acidentalmente quando fazia músicas para escolas rivais, e vem Portland, no Oregon. Aminé lançou a sua primeira mixtape em 2014, "Odyssey To Me", que tem uma capa parecida à banda sonora do filme "Submarine" de Alex Turner. No mesmo ano, lançou o seu EP de estreia, "En Vogue", e, um ano mais tarde, lançou outra mixtape, "Calling Brio", que conta com músicas produzidas pelo próprio, por Kaytranada e por Pasqué. Em 2016, assinou com a Republic Records e mostrou a sua música "Caroline" ao mundo, que chegou ao número 11 do top Billboard Hot 100. A seguir, chega a música "Baba".


Cabbage


Os Cabbage são uma banda formada por Lee Broadbent (vocalista), Joe Martin (guitarrista, vozes), Eoghan Clifford (guitarrista), Stephen Evans (baixista) e Asa Morley (baterista). O quinteto vem de Mossley, em Manchester, e já marcou o seu sucesso local. O EP de estreia, "Le Chou", saiu em 2016 e tem músicas como "Kevin" e "Dinner Lady". Depois desse EP, seguiram-se mais três EPs ("Uber Capitalist Death Trade", "Necroflat in the Palace", "TERRORIST SYNTHESIZER"), abriram para os Blossoms e aturam no T in the Park, no palco BBC Introducing.


Cloves

(©Nik Hartley)
Kaity Dunstan nasceu em Melbourne, na Austrália, e escolheu o nome Cloves depois de uma viagem em Bali. No ano passado lançou o seu primeiro EP, "XIII", que conta com a música "Don't Forget About Me" e faz parte da banda sonora do filme "Me Before You". Em seguida, Cloves lançou o tema "Better Now" que irá fazer parte do seu álbum de estreia.


Dave 

Lily Bertrand-Webb)
David Santan é apenas Dave, um rapper de Streatham, no sul de Londres. Dave fez a sua estreia em maio de 2015, no Bl@ckbox, que é um canal de Youtube sobre rap freestyle. Em 2016, o rapper lançou o seu EP, "Six Paths", o que lhe valeu um remix de Drake na música "Wanna Know", estreado na OVO Sound Radio do canadiano. O Dave também trabalhou com o AJ Tracey no tema "Thiago Silva".


Declan McKenna 


O Declan McKenna é um cantor e escritor de Hertfordshire, no Reino Unido. Ele ficou conhecido por ter ganho o Glastonbury Festival's Emerging Talent Competition, em 2015, e devido a isso atuou no palco William's Green do festival. Pouco tempo depois, McKenna recebeu propostas de 40 editoras e acabou por assinar com a Columbia Records. Em agosto do mesmo ano, lançou a música "Brazil" que critica a FIFA por ter feito o Mundial de futebol no Brasil e por nunca ter falado da pobreza que ocorre no país. A seguir, lançou a música "Paracetamol" que fala sobre como os adolescentes transexuais são mal interpretados nos media. 


Dua Lipa


A Dua Lipa é uma cantora inglesa e albanesa que nasceu em Londres, mas os seus pais voltaram para Kosovo quando ela tinha 13 anos. Aos 15 anos, Lipa decide regressar a Londres com o objetivo de construir uma carreira musical. Quando tinha 14 anos começou a postar alguns covers no Youtube das suas músicas favoritas. Em 2015, assinou com a Warner Music e lançou dois singles, "New Love" e "Be The One". No ano seguinte lançou mais alguns singles, como, "Last Dance" e "Hotter Than Hell". Este ano deve lançar o álbum de estreia.


Jorja Smith


A Jorja Smith é uma cantora de Walsall, Inglaterra. Tudo começou quando em janeiro de 2016 colocou a sua primeira música no Soundcloud, "Blue Lights". Seguiram-se mais algumas músicas, como, "A Prince" e "Where Did I Go?" cujo videoclip foi gravado por Smith na casa da tia. E depois veio o EP, "Project 11". A Jorja Smith não pretende assinar com nenhuma editora e prefere lançar a sua música independentemente.


Maggie Rogers

(©KatiaTemkin)
A Maggie Rogers, que nasceu em Maryland e agora está em Brooklyn, estudou música durante alguns dias. Um dia, em março do ano passado, o Pharrell Williams foi a uma aula de Rogers em Nova Iorque, para dar algumas dicas, e ela mostrou-lhe a música "Alaska", que ele gostou logo e não tinha nada nenhuma crítica sobre o tema. Depois lançou a música "Dog Days" e este ano irá lançar o primeiro EP, em fevereiro.


Nadia Rose


A Nadia Rose é uma rapper do sul de Londres e é prima do Stormzy. Com a sua música "Station", Rose deu início à sua carreira, e, a seguir, vieram as músicas "D.F.W.T" e "BOOM" que se tornaram hits em várias rádios no Reino Unido. No ano passado, a rapper atuou em vários festivais, como, Glastonbury, The Great Escape e Reading & Leeds. Depois também assinou com a Sony Music e deverá lançar o EP de estreia este ano.


Ray BLK


A Ray BLK é uma cantora de R&B e vem de Catford, no sul de Londres. Em 2015, lançou as músicas "Talk To Me" e "5050". Cerca de um ano depois, lançou o mini-álbum, "Durt", que incluí temas como "Baby Girlz", "Chill Out" com SG Lewis e "My Hood" com Stormzy.



Stefflon Don


Stephanie Allen é a Stefflon Don, uma MC de Clapton, em Londres. A Stefflon Don começou a causar algum impacto, em 2015, com as suas versões das músicas "Six Words" de Wretch 32 e "Lock Arrf" de Section Boyz. A sua primeira mixtape, "Real Ting", chegou em 2016 e conta com colaborações de Jeremih em "Tight Nooki" e Fiona Bevan na música "Forever".

Tom Grennan


O Tom Grennan nasceu em Bedford e agora encontra-se em Londres. Quando era mais novo, queria ser jogador de futebol, mas desistiu desse sonho porque quis seguir música. Depois mudou-se para Londres por causa da Universidade e deu alguns concertos com a sua guitarra. Em 2016, lançou o seu primeiro EP, "Something in the Water", produzido por Charlie Hughall. Este ano prepara-se para uma tour em fevereiro e para o disco de estreia.



Texto e imagem: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário