Sofar Sounds Lisbon: a ligar as pessoas aos artistas | Watch and Listen!

Sofar Sounds Lisbon: a ligar as pessoas aos artistas

O Sofar Sounds já lá vai na sua 34ª edição com sucesso, em Lisboa.

Para quem desconhece, o conceito do Sofar Sounds é simples: pegar em alguns artistas, desconhecidos ou conhecidos, e desafiarem-os a darem concertos em sítios originais e fora do normal. Mas com um grande pormenor: são concertos secretos, em locais secretos, para um pequeno público que tem que enviar a sua candidatura e esperar ser selecionado. O local só é sabido um dia antes do concerto, assim como as horas. No fim de contas, a organização desafia o seu público a deslocar-se até ao local para assistir a três concertos às cegas. E oiçam o que vos dizemos, vale muito a pena. 

Ontem foi a vez de visitarmos A Sociedade e experimentarmos, por nós mesmas, o que é esta experiência do Sofar Sounds. Para aguçar o apetite veio Manuel Dordio que nos lançou num mar de guitarras melódicas e pacíficas. Seguiu-se Filipe Sambado acompanhado com a sua guitarra afinada, com cinco canções, que nos mantiveram embaladas neste serão de domingo. A grande estrela e surpresa foi mesmo Filipe Catto, que chegou por último. Vindo diretamente do Brasil, o músico quebrou o ambiente pacífico libertando uma carga de energia inexplicável. Com uma voz arrepiante, sempre no tom perfeito e com a doce guitarra que o acompanhava, o músico por si só deu um espetáculo inacreditável e incrível, ainda que muito curto e tenha sabido a pouco. Se quiserem ver o artista brasileiro ao vivo, ele irá atuar dia 2 de março no Time Out Mercado da Ribeira. Nunca tínhamos antes feito uma visita a esta organização e temos a dizer que vale a pena. Agradecemos imenso o convite e até uma próxima. A organização está de parabéns, e esperemos que continuem a somar edições tão fantásticas quanto esta. 

Sofar Sounds Lisbon

Texto: Alexzandra Souza
Fotos: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário