Os três álbuns desta semana | Watch and Listen!

Os três álbuns desta semana


No dia 10 de março, saíram muitos discos novos de vários artistas. Como tal, nós decidimos eleger três dos nossos favoritos, e são todos de géneros musicais diferentes. O primeiro é o de Luís Severo que é o seu segundo álbum que nos chega dois anos depois de "Cara D'anjo". O segundo não é bem um LP, mas sim uma mixtape: "Number 1 Angel" da Charli XCX. Por fim, o último é o novo trabalho da banda britânica Circa Waves, "Different Creatures". Fiquem com os nossos álbuns desta semana.

Luís Severo - "Luís Severo"

O Luís Severo lançou o seu segundo disco de originais na passada sexta-feira. O sucessor de "Cara D'anjo", que saiu em 2015, inclui os singles "Escola" e "Boa Companhia".

O álbum homónimo mostra um novo lado do artista que ainda não tínhamos assistido até ao momento. É uma vulnerabilidade mais profunda e obscura. As letras parecem ter sido mais cuidadas e exploram os temas da solidão, do amor e mencionam a cidade de Lisboa. Apenas com oito músicas, Severo dá-nos a conhecer os seus pensamentos sobre estes assuntos de uma maneira que só ele sabe fazer. O disco também é identificável para quem está apaixonado/a, para quem se sente sozinho/a e/ou para quem mora na capital em canções como "Amor e Verdade", "Meu Amor" e "Olho de Lince". Assim, Luís Severo deixa-nos entrar no seu diário pessoal e ficamos a conhecer uma nova parte da sua música e do próprio. 

"Luís Severo" é diferente do que seria esperado depois de "Cara D'anjo" mas surge como uma boa surpresa e uma lufada de ar fresco na música portuguesa.  

 Charli XCX - "Number 1 Angel"

Nesta sexta-feira passada, saiu a mixtape "Number 1 Angel" da Charli XCX que conta com várias colaborações de artistas emergentes e da já conhecida MØ, em "3AM (Pull Up)". Esta mixtape deve ser, provavelmente, diferente do terceiro álbum da cantora que sairá este ano, em princípio. 

A Charli XCX é um caso raro porque os EPs e as mixtapes que faz costumam ser melhores do que os álbuns, visto que, quando faz isso experimenta novas sonoridades e registos diferentes na voz e não faz músicas para tentar vender e serem grandes hits nas tabelas e nas rádios. O EP "Vroom Vroom" foi uma das melhores surpresas que saíram em 2016 e, talvez, quatro das melhores músicas que a Charli já fez. O que o torna tão bom é o facto de ter realizado experiências novas e ter ido para uma música mais eletrónica, por ter colaborado com a Hannah Diamond em "Paradise" e por ter sido produzido por SOPHIE, uma música de PC Music. Na mixtape, Charli realiza uma mistura ideal e animadora entre eletrónica e pop sem ter o objetivo de que estes dez temas sejam grandes sucessos globais. Tanto que trabalhou com artistas emergentes para darem um pouco das suas vozes nas músicas. Em "Dreamer", Starrah e Raye juntam-se à cantora. A MC Uffie faz a sua parte na "Babygirl". ABRA juntou-se para o tema "Drugs" e a rapper cupcakKe deixou as suas rimas em "Lipgloss". 

A mixtape "Number 1 Angel" mostra que a Charli XCX é mais do que uma artista comercial que conta com muitos hits no seu currículo musical, pois, também é uma música que sabe como arriscar nas suas aventuras musicais.

Circa Waves - "Different Creatures"

Os Circa Waves lançaram, no dia 10 de março, o seu segundo álbum. Dois anos passaram desde "Young Chasers", álbum de estreia, que incluía músicas como "T-shirt Weather", "Fossils" e "My Love". 

Em relação ao primeiro álbum, "Different Creatures" aparenta ser mais obscuro e com outro tipo de sonoridade; os tempos dos sonhos de adolescentes ficaram para trás. "Different Creatures" aborda temas controversos da atualidade e isso pode-se ouvir perfeitamene em "Out On My Own". No refrão, Keiran canta "I'm starting to realize I'm out on my own", podemos claramente perceber que o sentimento de solidão e tristeza predomina: a luta contra a depressão é visível. 

Este novo álbum é o oposto de "Young Chasers": nenhuma das novas músicas nos faz lembrar aquelas tardes de verão bem passadas ou aquela paixão da nossa adolescência.

Texto: Iris Cabaça & Catarina Amado

0 comments:

Enviar um comentário