Toy no Sabotage Club: a fantástica viagem no tempo | Watch and Listen!

Toy no Sabotage Club: a fantástica viagem no tempo


Faz uma semana desde o tão esperado regresso da banda britânica, Toy. O concerto teve lugar no Sabotage Club, no Cais do Sodré, e nós estivemos por lá. Podemos adiantar que foi o melhor concerto que já vimos neste espaço localizado perto da célebre Rua Cor-de-Rosa e achamos que dificilmente será superado.

O desejo de vários adolescentes que queriam ter visto esta banda e não tiveram a oportunidade, seria realizado nesta noite. A ansiedade já se sentia e ainda mal tínhamos passado pela porta de entrada. O ambiente assim se manteve, até ao segundo em que a banda, finalmente, decidiu subir a palco. Estava esgotado e os Toy entraram em palco com meia hora de atraso, mas valeu toda a espera. O psicadelismo invadiu então o Sabotage, para um concerto intimista, por quase duas horas. Entre viagens espaciais no tempo, (os Toy são uma banda que marcou claramente a adolescência de muitos dos presentes), e letras que nos dizem muito e remetem-nos para a tal adolescência, os Toy cumpriram a missão de dar um concerto especial e inesquecível que ficará para sempre nas nossas memórias como o melhor concerto que vimos neste local que tanto frequentamos. Foram tocados clássicos que foram tão bem quanto expectável, acompanhados em uníssonos por todos os fãs presentes. O público era bastante variado e não apenas o clássico jovem alternativo, como habitual, o que é de louvar. Atrair pessoas de todos os cantos será sempre o melhor objetivo a atingir enquanto banda que pretende suceder e dar a conhecer a sua música a todos. A boa música também deve ser do povo. Entre saltos e danças frenéticas, a música fez-se sentir em cada célula do nosso corpo e no final parecia que tinha sabido a pouco, ainda que tenha sido um concerto longo. Foram quase duas horas de boa música e ainda assim conseguimos afirmar que teríamos ficado mais duas horas a ouvir. Já podemos, finalmente, riscar este concerto da lista dos obrigatórios a ver antes de morrer. Os Toy foram soberbos e já deixam saudades. Para quando um regresso?


Toy @ Sabotage Club

Texto: Alexzandra Souza
Fotografias: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário