Galgo na Casa Independente: reportagem | Watch and Listen!

Galgo na Casa Independente: reportagem

A Casa Independente recebeu, mais uma vez, a Produções Incêndio para uma “Casa Ardente”. No dia 8 de Abril, a exposição de Jugend Rettet e.V. teve direito à sua festa de encerramento (ou, pelo menos, parte dela). Infelizmente, o evento não correu como previsto. 

Batiam as 12 badaladas, os Galgo ainda em fase de aquecimento, quando a polícia ordenou que o evento por ali ficasse. Os motivos pelos quais o evento chegou ao fim foram totalmente alheios à banda, à Casa Independente e à Produções Incêndio. Antes deste incidente, contámos com os Reis da Republica - para dar as boas vindas - e com 10 minutos de Galgo (se calhar, nem isso). A banda composta por Madalena Tamen (voz), Luís Ogando (guitarra), Bernado Sotomayor (guitarra), Gonçalo Bicudo (baixo), José Sarmento (teclas) e Tomás Lobão (bateria) teve direito a uma sala muito bem composta. O alinhamento dos Reis da República contou com Samurai - o mais recente tema da banda - que meteu grande parte do público a dançar. A banda apresentou, também, temas que farão parte do seu primeiro álbum O grande nome da noite eram os Galgo. A banda composta por Alexandre Moniz, João Figueiras, Miguel Figueiredo e Joana Batista convidou o público a deixar-se levar pelo som e começar a dançar, como se não houvesse amanhã. Não havia ninguém parado e ainda estávamos, apenas, nas “entradas”. Infelizmente, como já mencionámos antes, o evento teve de acabar mais cedo que o previsto. Apesar disso, os poucos minutos em que os Galgo ocuparam o palco foram gloriosos e explosivos.

Casa Ardente: Reis da República + Galgo

Texto: Catarina Amado
Fotos: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário