Para descobrir: Pura Mob Keys | Watch and Listen!

Para descobrir: Pura Mob Keys


Os Pura Mob Keys são uma banda de Montemor-O-Novo formada por Pedro Loios (produtor, bateria), Diogo Lopes (produtor, DJ, pads), Diogo Cigarro (produtor, DJ, VJ, teclados), Ruben Carrington (MC, vocalista) e Lino Malhão (vocalista).

Cada membro do grupo vem de géneros musicais diferentes, e juntos conseguem ir buscar influências do hip-hop/rap, funk, soul, pop e até música eletrónica. As letras são todas cantadas em português. No ano passado, o EP de estreia foi lançado em dezembro, contendo temas como "Nice (Quando Era Criança)" e "Escuro". Há quase um mês, saiu a nova música e videoclip "Contigo".

A banda respondeu a algumas perguntas para os conhecermos um bocado melhor.

Qual foi o momento da vossa vida em que perceberam que queriam começar a fazer música?
Não podemos dizer que houve um momento específico, basicamente a maior parte de nós já tinha o seu percurso musical a solo construído, podemos é dizer que o momento em que nos decidimos juntar partiu de um belo acaso. Nós criámos o grupo há 3 anos, e no inicio todos passávamos o nosso tempo livre num espaço jovem da nossa cidade, que tem um estúdio semi-profissional para utilização dos munícipes, até que houve uma proposta do Centro Juvenil (espaço descrito em cima) em nos juntarmos e criarmos algo em conjunto. No inicio foi como uma “ pequena brincadeira “ que foi testada no Contra Corrente, um festival criado por jovens de Montemor-o-Novo, a partir daí surgiu o percurso  para a construção de uma ideia, um nome, um conceito, uma identidade que se veio a formar e a consolidar com o passar do tempo e da experiência vivida em palco também. O nosso ponto de partida foi no festival Contra Corrente digamos assim, e desde aí todos se focaram numa só coisa, dar sentido à musicalidade e criar a identidade musical dos Pura Mob Keys e mostrar o nosso trabalho e a nossa essência!

Como é o vosso processo criativo?
De uma forma simples, todos os dias passamos as noites à volta da nossa “mítica” mesa redonda da casa de um dos produtores, a compor e escrever letras. De uma forma mais direta nós basicamente aproveitamos pequenos momentos em que não estamos no estúdio, a pensar em musica e em letras, em situações comuns do nosso dia a dia, por exemplo, há letras que foram escritas de madrugada enquanto estávamos no castelo da nossa cidade a desanuviar e a pensar sobre o próximo passo, outras no caminho para um concerto, o nosso método passa um pouco também por não restringir a capacidade de produção e criação a um certo horário e local, achamos e temos a certeza que a criatividade muitas vezes advém quando menos queremos ser criativos, e daí surgem coisas tão únicas e características do grupo, o que acaba por transmitir também a nossa essência de espirito livre e boa vibe!

Descreve a vossa banda numa frase. 
Contagiante, proporcionando momentos únicos. 

Se a vossa carreira musical fosse um filme, qual seria? 
Talvez um INTERSTELLAR, sempre acreditámos no nosso potencial, apesar de sabermos que o caminho é longo, partimos sem medo e com garra de cumprir o objetivo.

O que esperam alcançar em 2017?
Um novo trabalho discográfico e talvez uma tour que possa ajudar a consolidar e afirmar o nosso nome no panorama musical!

0 comments:

Enviar um comentário