Os nomes confirmados no Primavera Sound que podem vir à edição do Porto | Watch and Listen!

Os nomes confirmados no Primavera Sound que podem vir à edição do Porto


O cartaz do Primavera Sound, a versão original em Barcelona, foi anunciado ontem através de um vídeo inspirados nos westerns norte-americanos. O festival acontece entre 30 de maio e 3 de junho, no Parc del Fòrum. Alguns dias depois, a primavera chega a Portugal. Este ano, o NOS Primavera Sound realiza-se de 7 a 9 de junho, no Parque da Cidade, no Porto.

Com a confirmação do alinhamento da primeira criação, já se começa a especular quais os nomes que serão transferidos para a portuguesa, visto que, a maior parte são partilhados entre uma e outra. Após algumas deduções e pesquisa, chegou-se a uma lista de artistas e bandas que são muito prováveis de irem ao Porto. Os nomes mais previsíveis, os que são adorados pelos fãs portugueses, os que vêm ao nosso país sempre que lançam músicas novas, os que já foram a edições anteriores, e até os mais improváveis estão aqui. Será esta uma grande parte do cartaz do NOS Primavera Sound? 


Em primeiro lugar, aparecem os nomes que, muito provavelmente, virão cá:

Beach House



The Black Madonna



Car Seat Headrest



Deerhunter



Floating Points



Four Tet



Grizzly Bear



John Talabot



Kelela 



Lykke Li



Mano Le Tough



Mogwai



Nick Cave & The Bad Seeds



Oso Leone



Panda Bear



Public Service Broadcasting



Rhye



Rostam



Shellac



Spiritualized



Ty Segall



Unknown Mortal Orchestra



Vince Staples



The War On Drugs



Warpaint



Waxahatchee



Em segundo lugar, surgem os nomes menos prováveis de virem, mas que deviam marcar presença:

Abra

A Abra é uma artista emergente de R&B que lançou o seu primeiro álbum, Rose, em 2015. Habitualmente, costumam ir vários artistas novos ao festival, e esta seria uma boa oportunidade de se ver uma cantora assim ao vivo. 

Arca

Alejandro Ghersi aka Arca é um compositor, produtor, DJ e muito mais. É um artista que consegue criar uma arte muito própria e diferente. Ver um concerto dele no evento portuense seria tão único quanto ele.

A$AP Rocky

O rapper A$AP Rocky é, talvez, um nome já demasiado grande para a versão no Porto. Porém, nos últimos anos a aposta no hip-hop tem sido cada vez maior, por isso, até faria sentido se ele viesse.

Hinds

As Hinds vão lançar um novo álbum em abril e a seguir vem uma tour, cuja primeira só irá passar por alguns países da Europa e vai ser maioritariamente nos Estados Unidos. Assim, se vierem a Portugal durante o verão deve ser num festival, e o NOS Primavera Sound é uma hipótese.

Ibeyi

As irmãs Lisa-Kaindé Diaz e Naomi Diaz nunca se estrearam em Portugal e já contam com dois discos na bagagem. O NOS Primavera Sound seria perfeito para virem atuar cá pela primeira vez.

The Internet 

Os The Internet são Syd Bennett, Matthew Martin, Patrick Paige II, Christopher Allan Smith e Steve Lacy. Já editaram três álbuns de estúdio (Purple Naked Ladies, Feel Good e Ego Death). Algo que por si só lhe valia um lugar no festival.

Jorja Smith

A Jorja Smith foi uma grande revelação para o mundo da música no ano passado. Como tal, deveria apresentar as suas músicas no Parque da Cidade enquanto o sol está a desaparecer.

Lorde

A Lorde pode parecer um nome grande para a edição nacional, mas a última data no verão que tem, até ao momento, é a de Barcelona, ou seja, nem tudo é impossível. Como cabeça de cartaz ou a encerrar um palco seria o ideal. 

Migos 

Com "Bad & Boujee", estes Migos formados por Quavo, Takeoff e Offset saíram de Georgia para o mundo. Da mesma forma, o trio de hip-hop pode chegar ao Porto.

Rex Orange County  

Alex O'Connor é Rex Orange County, que nos últimos tempos tem vindo a ganhar reconhecimento no mundo do indie. Seria uma boa aposta para se estrear num palco do festival.

Vagabon

Vagabon é o nome artístico de Laetitia Tamko, uma cantora, compositora, multi-instrumentalista e produtora. Em 2014 editou o EP Persian Garden, e o álbum Infinite Worlds chegou em 2017. Mais um nome emergente que poderia ter a sua estreia no nosso país este ano. 

Texto: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário