Barreiro Rocks 2018: o que não podes perder | Watch and Listen!

Barreiro Rocks 2018: o que não podes perder


O Barreiro Rocks começa já amanhã! De 31 de outubro até 3 de novembro, o festival volta a trazer rock à cidade. Este ano celebra 18 anos, ou seja, já é maior de idade e, por isso, a festa vai ser durante quatro dias com nomes como Fast Eddie Nelson, Magnetix, Vaiapraia & As Rainhas do Baile, entre outros.

Há muitos concertos para se ver, apreciar, fazer mosh, levantar um grade, etc. Contudo, aqui ficam alguns nomes que não deves mesmo perder.

Lulu Blind

Os Lulu Blind são uma banda dos anos 90 formada por Tó Trips (Dead Combo), Pedro Vargues, Samuel Palitos e Richard Pedroso. O seu primeiro álbum, Dread, foi produzido por Zé Pedro dos Xutos e Pontapés. O grupo volta a atuar especialmente para o festival, num concerto imperdível.


Fugly

Os Fugly são uma das mais recentes bandas de garage rock que andam a explodir pelo país, e até lá fora. O disco de estreia, Millennial Shit, chegou, finalmente, este ano com o nome mais adequado. De certeza que vão mandar o Grupo Desportivo dos Ferroviários abaixo com a sua energia em palco.


Algumacena

Alex D'alva Teixeira e Ricardo Martins decidiram juntar-se e são os Algumacena. De um lado, temos o vocalista dos D'alva que tem uma grande presença em palco, e do outro, temos um dos melhores bateristas nacionais. Isto tudo, será alguma cena que se deve assistir.
 
Foto: Vera Marmelo

Palmers

Os Palmers são a nova banda de garage rock a sair das Caldas da Rainha. Nem sequer têm um EP, ainda, mas já começam a ganhar algum reconhecimento. Uma banda que, sem dúvida, irá dar muito que falar nos próximos tempos.


Kings Of The Beach

Os Kings Of The Beach são um grupo de garage punk vindo de Vigo, Espanha. Adri, Samu e Yago editaram o álbum Super Awkward, Fucking Awesome em fevereiro deste ano. Neste disco, Fran Basilis (Los Nastys) foi o técnico de som e mistura, enquanto que, Diego García (The Parrots) foi o assistente de gravação, e foi gravado no estúdio de ambos. Por isso, só podem ser um nome promissor. 


The Howlin' Jaws 

Os The Howlin' Jaws vêm de Paris com um rock mais influenciado pela América do Norte nos anos 50. Nota-se alguma inspiração em Elvis Presley, e estão apenas a começar a sua carreira, mas vai ser uma estreia daquelas que se deve estar presente porque nunca se sabe se irão ficar mais conhecidos daqui a algum tempo.

0 comments:

Enviar um comentário