Hinds no Musicbox: as bombas espanholas que explodiram em Lisboa | Watch and Listen!

Hinds no Musicbox: as bombas espanholas que explodiram em Lisboa


As Hinds voltaram ao Musicbox, em Lisboa, no dia 9 de novembro para apresentarem o seu novo álbum I Don't Run, que foi editado em abril deste ano. O concerto marcou a primeira data da tour europeia do grupo que passará pelo Reino Unido, Holanda, Alemanha, França e Espanha.

Esta banda de Madrid (formada por Carlotta Cosials, Ade Martín, Ana Perrote e Amber Grimbergen) já não é nenhum nome desconhecido para o público português, e, por isso mesmo, os bilhetes para o concerto esgotaram.Talvez porque ainda não tinham voltado a Portugal desde novembro do ano passado, quando atuaram no Vodafone Mexefest (agora Super Bock em Stock). Como tal, era um regresso muito aguardado.

A cada atuação do grupo no nosso país, nota-se que vão evoluído, como músicas, cada vez mais. Pois, tocam melhor ao vivo, sentem-se mais à vontade em palco, e fora dele também, e mostram o seu rock lo-fi. Ao longo deste espetáculo, culminaram isso tudo. Quanto ao alinhamento, contou com um balanço entre as músicas de Leave Me Alone (2016) e I Don't Run, o que seria o esperado. E o público sabia as letras todas de cor.

Em primeiro lugar, levaram as pessoas à "Soberland", o que tema que iniciou o concerto, com paragem em "Chilli Town" e depois em "San Diego". Desta maneira, começaram logo em grande. Também houve tempo para o novo single "British Mind", uma cover de "Spanish Bombs" dos The Clash e para "The Club", a música mais triste que, segundo as próprias têm. Continuaram a animação com "Tester" e meteram o público todo a mexer-se.

Além de trazerem boa música, carregam, igualmente, boa disposição sempre atrás e a espontaneidade que apresentam em palco são algumas das receitas que tornam os seus concertos tão únicos. Sempre a sorrirem, a falarem com os fãs e a puxarem por eles conseguem tornar os seus espetáculos realmente memoráveis, e este não foi exceção.

Um dos momentos mais especial da noite veio quando tocaram o seu hit antigo "Davey Crockett", antes perguntaram se o público ainda se lembrava, e Ana Perrote atirou-se para o meio dos fãs para cantar o tema. Mandou-os baixarem para, em seguida, darem um grande salto. Parecia que seria o final, mas ainda voltaram para o encore com "Castigadas en el Granero" e "New for You".

O concerto explosivo desta sexta-feira à noite foi a prova do crescimento das Hinds enquanto banda e performers. Uma banda que evoluiu em palco e aos olhos dos seus seguidores portugueses. Ainda continuam com o seu lo-fi característico, mas agora soa um pouco mais limpo. E podem voltar cá quando quiserem que serão bem-vindas.

Hinds @ Musicbox

Texto e fotos: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário