Vodafone Paredes de Coura 2019: do amor australiano às emoções trazidas de Ohio | Watch and Listen!

Vodafone Paredes de Coura 2019: do amor australiano às emoções trazidas de Ohio


A 27ª edição do Vodafone Paredes de Coura abriu portas a 14 de agosto, trazendo de volta a Coura alguns dos nomes já conhecidos pelo recinto e por alguns dos festivaleiros mais velhos. Mazarin abriram o palco Jazz na Relva, com os olhares atentos dos ainda poucos festivaleiros que paravam à beira do rio Taboão.

Bed Legs subiram ao palco principal ao início da tarde, ainda o sol estava longe de se pôr, para “cumprir um sonho”. De regresso a Paredes de Coura, alguns anos depois de terem atuado no festival, a banda bracarense não escondeu o entusiasmo e emoção com quem a eles se juntou ao fundo da colina.

Bed Legs @ Vodafone Paredes de Coura 2019

Não tardou a chegar Julia Jacklin, que veio apanhar o entusiasmo que Bed Legs fizeram surgir. A australiana de 28 anos tem já dois álbuns de estúdio e a voz doce contagiou o coração de todos. Olhares atentos, murmúrios a acompanhar as palavras e um ambiente quase mágico, guiado ao som das melodias calmas e românticas de músicas como “Don’t Know How to Keep Loving You” ou “Comfort

Foi no cair da noite que Boogarins voltaram a trazer a sua ambiência dreamy, quente e sempre muito brasileira. O fresco que se sentia longe daquele palco não existiu neste concerto: a luz, os sorrisos dos membros da banda, as pessoas, tudo contribuiu para ainda outro concerto memorável da banda que nos visita desde 2014. Contudo, foi a primeira vez que tiveram um destaque tão grande num festival nacional por terem atuado no palco principal, no começo da noite, e para tantas pessoas. Vieram bem preparados e com um novo álbum, Sombrou Dúvida, lançado este ano para apresentarem. Também tocaram temas mais antigos, como, "Lucifernandis". Não foi o melhor concerto deles no nosso pais, mas foi o mais especial.

Boogarins @ Vodafone Paredes de Coura 2019


E se o cartaz do primeiro dia do festival esperava e se preparava para receber The National, nem por isso deixou para Parcels menos espaço para brilharem, que no passado atuaram no Super Bock Super Rock. Saíram da Austrália, de Berlim e de tantas décadas do século passado, mas foi no presente Paredes de Coura que nos transportaram a outra realidade – uma muito pessoal, alegre, mexida e mágica. Entre os temas mais conhecidos como “Lightenup” ou “Overnight” houve espaço para um reportório variado e ainda um pouco de Jorge Palma – um rádio antigo e a “Encosta-te a Mim” marcaram assim o penúltimo concerto da primeira noite.

Tieduprightnow” fechou o concerto e atingiu o climax que já se esperava de um concerto com aquela energia – alegria, dança, entrega e muito calor, num recinto cheio de uma ponta à outra.

Parcels @ Vodafone Paredes de Coura 2019


Os The National já não são novidade em Portugal. A sua música também não é de agora, e muito menos foi esta a sua primeira vez em Coura. Mas aquilo que fizeram, a várias mãos e vozes, transformou a primeira noite numa das mais especiais do festival inteiro, por tudo o que nos fez sentir. A setlist percorreu todo o percurso da banda, desde o último álbum aos que trouxeram quando pisaram o palco courense pela primeira vez em 2005.

Saltou-se entre “Bloodbuzz Ohio”, “Guilty Party”, “The System Only Dreams in Total Darkness” e “Light Years”. A emoção foi diferente em cada música, a entrega de Matt Berninger e a dedicação de toda a banda foi constante para todas. Culminou-se com três das mais fortes e melancólicas canções, que juntaram todo o público num uníssono que não se encontra muitas vezes. 

Terrible Love” abriu o apetite e as lágrimas que “About Today” soltou, num momento tão particular e intenso que fez sentir que ali à volta nada mais existia. "Vanderlyle Crybaby Geeks" fechou o concerto e o Palco Vodafone por essa noite, e relembrou-nos a cada verso – cantados quase exclusivamente pelo público e ao som de apenas duas guitarras acústicas – do que significa voltar aos sítios onde se foi feliz. Paredes de Coura e The National, em 2005 e agora, um amor muito português e que poucos tiveram a sorte de viver duas vezes.

The National @ Vodafone Paredes de Coura 2019


Com mais ou menos energia, mais ou menos gente, a noite continuou no palco principal com as melodias energéticas de KOKOKO! e o já da casa Nuno Lopes a fechar com DJ set.

Nuno Lopes @ Vodafone Paredes de Coura 2019 

Texto: Carolina Alves
Fotos: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário