Los Nastys, El Salvador, e Ninaz na Casa Independente: reportagem | Watch and Listen!

Los Nastys, El Salvador, e Ninaz na Casa Independente: reportagem


No dia 5 de de junho, ocorreu "Casa Abaixo" na Casa Independente, que vai passar a ser um serão mensal de domingo à tarde da Puro Fun. Este primeiro serão contou com a banda espanhola Los Nastys, O Gringo Sou Eu, El Salvador, DJ Quesadilla com Antoine Gilleron, e ainda a atuação de última hora das Ninaz.

O El Salvador foi o primeiro a atuar e encantou as pessoas com as suas letras honestas no terraço. Um concerto curto, mas com as músicas que já começam a ser icónicas, como, "Vá Lá" e "Deixa-me Dormir". A verdade é que é "o Salvador a representar" o que lhe vai na alma. A seguir veio o Gringo Sou Eu que deu lições de rap brasileiro a toda a gente que assistia. Depois de honestidade e lições em brasileiro, vêm as Ninaz que são uma banda bastante recente, mas que, mesmo assim, conseguem dominar um palco. A banda de Joana Peres, Lucía Vives, Beatriz Peres, Margarida Lalanje ainda sem um EP nem LP funciona bem ao vivo e de certeza que daqui a alguns meses irão ser mais reconhecidas. Podem ouvir a música "Primavera", que faz parte de "Um EP Xita Records", aqui.

Por fim, chegam os Los Nastys que fazem parte da trindade de bandas arrasadoras de Madrid juntamente com as Hinds e os The Parrots.Os Los Nastys são uma banda de garage-punk formada por Luis Basilio, Fran Basilio, Omar Montalvo e Luli Acosta Quintas. Não foi a primeira vez que vieram a Portugal, mas vieram no momento certo, ou seja, depois de lançarem o disco de estreia, "Noche de fantasmas con Los Nastys". A banda é muito melhor ao vivo do que em estúdio por ter uma energia contagiável e por parecer que já fazem isto há anos. Ninguém saiu deste concerto sem transpirar, pelo menos, um bocadinho. Da setlist fizeram parte músicas dos dois EPs ("Me Lo Encontré Así" e "La Isla de Los Cuadrados Mágicos"), tais como, "Holograma", "Fumar, Beber y Romper", e músicas do álbum de estreia, "Never Digas Never", "Baby". Foi um concerto imparável com direito a mosh, crowdsurfing, muita satisfação e, sem dúvida, o concerto deste serão. Ainda houve a descoberta que os Los Nastys são uma banda underrated para os concertos inesquecíveis que dão. Com esperança, isso irá mudar mais cedo ou mais tarde.


Casa Abaixo @ Casa Independente

Texto e fotos: Iris Cabaça

0 comments:

Enviar um comentário